OAB solicita interdição imediata do Zoo de Piauí após denuncia
(Foto: Divulgação)

No início do mês a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Piauí, ajuizou uma ação civil pública contra o Parque Zoobotânico após receber denuncias e solicitou a interdição imediata do local. A denuncia seria por irregularidades, como o uso de medicamentos fora do prazo de validade que seriam utilizados nos animais, além de um suposto ataque.

De acordo com o gerente do Zoobotânico, Zé Renato, a denuncia de ataque foi feita de forma irresponsável e é uma informação inverídica. “Uma mulher se acidentou na frente do Parque. Um irresponsável tirou foto e enviou à OAB dizendo ter sido ataque de um animal. Isso não aconteceu”, explica. Segundo informações da administração do local, os visitantes deixaram de ir ao local por acharem que estava fechado ou por medo de ataques. “Tínhamos 40 escolas públicas agendadas para visitação, apenas cinco vieram”, conta Zé Renato.
“Tem muita gente achando que está fechado, mas aqui está sempre aberto. Como não fica em uma região muito central, as pessoas pensam que fechamos e não querem arriscar vir até aqui e dar de cara com os portões fechados”, diz a comerciante Franciele, que tem uma lanchonete dentro do Parque.
A denuncia

A denuncia de uso de medicamentos vencidos e maus-tratos aos animais teria sido feito por um ex estagiário do local que encaminhou para a OAB. A Comissão de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Ordem então protocolou junto a Justiça Federal uma ação civil pública pedindo a interdição imediata.
Segundo a OAB/PI as denuncias eram investigadas há cerca de um ano com fotos que comprovavam tais maus-tratos.
Além disso, a Comissão ainda apura outras irregularidades, como: animais enterrados em locais inadequados, jaulas menores do que o necessário, medicamentos armazenados inadequadamente, entre outras.
Em resposta, o diretor do Parque diz que os animais são bem tratados. “Estamos inclusive ampliando. O Centro de Triagem de Animais Silvestres está quase todo pronto. Disseram que o nosso urso era triste e solitário, mas não temos só um, temos três ursos. Eles têm uma piscina e sistema de gotejamento para amenizar as temperaturas”, explica.

Fonte: ANDA- Agência de Notícias de Direitos Animais



Compartilhe no Facebook